Pages Navigation Menu

Entre na maior comunidade brasileira de encontros para sexo casual

Tenha mais prazer com o sexo

Não deixe seu relacionamento cair na rotina!

Separamos 20 dicas para reavivar a chama na hora H e ter uma transa inesquecível.

A relação está esfriando e você não sabe o que fazer? Ou está apenas procurando mais maneiras de enlouquecer seu parceiro? Seja qual for a situação, preparamos 20 dicas para você viver mil e uma noites de amor e ter mais prazer com o sexo…

1 – Sexo seguro é bom e só faz bem

Use camisinha sempre! Assim o prazer não corre o risco de rimar com preocupação. Pedir a seu parceiro que coloque camisinha- ou lançar mão da versão do preservativo para mulheres- não precisa ser um drama. Pode até entrar no jogo da sedução, apimentando ainda mais o clima na cama.

2 – Um segredo sobre orgasmos múltiplos

Dotados de terminações nervosas altamente sensíveis aos estímulos sexuais, o clitóris e os pequenos lábios da vagina respondem bem à estimulação manual e oral. Mas é preciso que seu parceiro não pare de estimular essas áreas logo após o primeiro orgasmo. Continuando, outros virão, e o gozo será mais completo.

3 – Outro segredo sobre orgasmos múltiplos

Também no sexo com penetração é possível atingir uma sucessão de orgasmos. Segundo a sexóloga Regina Navarro, a zona erógena da vagina fica na metade anterior do canal vaginal. Para alcançar o orgasmo oriente seu parceiro a movimentar o pênis de forma mais lenta, variando a trajetória para tocar toda a parede do canal vaginal.

4 – Fantasiar é preciso

Nunca é demais lembrar: apesar de ser uma atividade física, o sexo exige uma mãozinha de imaginação e fantasia.

5 – Pense muito “naquilo”

Com mil e uma coisas para fazer no dia a dia, falta espaço em nossa mente para armazenar tanto assunto. Então, é preciso priorizar. “Nessa tarefa, não deixe de fora o tema sexo”, alerta a terapeuta sexual paulista, Ana Canosa.”É preciso focar no assunto e investir as energias em sua renovação”, afirma. Fazemos isso quando, ao longo do dia, relembramos cenas de amor com nosso par ou arquitetamos fantasias. É uma forma de deixar o corpo alerta.

6 – Literatura inspiradora

“Comprar literatura erótica, como romances apimentados e contos eróticos variados, geralmente ajudam a nos tornar mais disponíveis”, sugere Ana Canosa. Ela explica que os livros também suscitam ideias sobre novas experiências sexuais, práticas e cenários que nos excitam.

7 – É prioridade!

Faça do sexo uma prioridade, como comer bem, praticar exercícios, ter lazer etc.

8 – Invista na intimidade afetiva

Não espere para pegar fogo só na hora da cama. Abraços, beijinhos, carinhos e chamegos são essenciais para manter a intimidade afetiva.

9 – Fugas que realimentam a libido

Outra sugestão de Ana Canosa para realimentar a libido é que o casal viaje sozinho de vez em quando. “Voltar aos lugares já visitados que fazem referência aos momentos mais românticos e apaixonantes, como restaurantes, parques, hotéis e cidades, ajudam bastante”.

10 – Cumplicidade ajuda (e muito!)

Surpresinhas são igualmente bem-vindas e contribuem para alimentar o clima de cumplicidade, como fazer algo bom para o companheiro que ele perceba que é uma doação (ir a um jogo de futebol, almoçar na casa da mãe dele, levar o café na cama…)

11 – Em um ritmo bom para os dois

Procure entender que o sexo vai assumindo importância diferente dependendo das diversas fases da vida da pessoa e durante uma relação estável: ora ele é avassalador, ora é mais íntimo e calmo. Geralmente, começa com uma frequência alta, e tende a diminuir, mantendo-se num ritmo que seja bom para os dois.

12 – Aprenda a lidar com as brochadas

Isso vai ocorrer dos dois lados, e fases difíceis também. “É possível manter um bom grau de excitação e intimidade com um companheiro, mas comparar as relações sexuais que se tem aos 2 ou 3 anos de relação com as do início, motivadas pela paixão, é se frustrar com mudanças que são inevitáveis, mas nem sempre ruins”, observa Ana Canosa.

13 – Transar ajuda a manter a forma

Além de proporcionar prazer, o sexo contribui para manter a forma. De acordo com os especialistas, uma boa transa queima cerca de 200 calorias, o mesmo que gastamos em uma corrida de 15 minutos.

14 – Sexo faz bem ao coração

Uma pesquisa feita pela Queens University (Canadá) demonstrou que homens que transam três ou mais vezes por semana reduzem pela metade o risco de ataque cardíaco e Acidente Vascular Cerebral (AVC).

15 – Rejuvenescimento

A conclusão é de um estudo conduzido no Hospital Real de Edimburgo (Escócia): quem faz sexo pelo menos três vezes por semana com um parceiro fixo, ou seja, com o ingrediente afetivo, aparenta 7 a 12 anos mais jovem do que a sua idade real.

16 – Astral lá em cima

A relação sexual libera um coquetel de neurotransmissores que promovem bem-estar, relaxamento, dão ânimo e renovam as energias.

17 – Hormônios em dia

Você não está conseguindo chegar ao orgasmo? Vá ao ginecologista. Segundo Ana Canosa, além do estímulo do parceiro nas preliminares, a intensidade do orgasmo depende de seus níveis hormonais.

18- Brinquedinhos eróticos

Quem tem preconceito contra eles não sabe o que está perdendo. As boas sex shops são aliadas indispensáveis para os casais que querem chacoalhar a rotina.

19- O famoso ponto G

Como explica Ana Canosa, esse mítico ponto na vagina da mulher foi batizado em homenagem ao ginecologista Erneste Grafenberg, que, nos anos 1950, foi o primeiro a descrever uma região de tecido nervoso localizado na parede anterior da vagina, responsável por orgasmos femininos mais intensos.

20- Preliminares importantes

Para finalizar, nunca dispense seu companheiro das preliminares. Ao contrário dele, não pegamos no tranco. Precisamos seguir por esse caminho suave antes do clímax. Segundo os relatos que ouve no consultório, Ana Canosa garante que a maioria das mulheres adora preliminares com beijos na boca, carícias nos seios e sexo oral. Você, não?

One Comment

  1. Gostei muito bom

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *